Quando você efetua a compra de um automóvel utilizando isenções de impostos, a comercialização se da através da modalidade Venda Direta, ou seja, apesar de você estar comprando o carro na Concessionária, nesta modalidade ela tem apenas o papel de intermediária na compra e a venda é feita pela fabricante do automóvel.\

Esse também é um dos motivos para não conseguir nenhum “brinde”por parte da concessionária, você dificilmente consegue o tapete. Aqui tem que ser exercido todo o seu poder de negociação uma vez que a margem de lucro da concessionária é pequena.

Numa venda normal, você recebe duas notas fiscais:

  • Uma cópia autêntica da transação entre o Fabricante e a Concessionária
  • Uma original, da transação entre a Concessionária e o comprador do carro.

Na venda direta para a Pessoa com Deficiência, só é emitida a Fatura da Nota Fiscal pela fábrica diretamente ao comprador do carro.

 

Como começa o processo de faturamento?

Inicia-se quando a Pessoa com Deficiência ou seu Representante Legal entrega as Cartas de Isenção (isenção de IPI e/ou isenção de ICMS ) à concessionária

 

Por que a emissão da Nota Fiscal não é feita na hora?

A concessionária ficará responsável pelo envio dos documentos do comprador ao fabricante. Após o recebimento, o fabricante analisará a documentação e providenciará o faturamento do carro.

Além disso, só pode ser emitido nota fiscal de um produto que já existe, nele deverá constar por exemplo o chassi do veículo.

 

Quanto tempo leva o processo de Fatura da Nota Fiscal?

Muitos veículos PCD são feitos sob demanda, ou com fila de espera então é bem provável que no momento da compra ele não exista e você entre numa fila de espera para ser produzido.

Em geral, o tempo fica dentro da faixa de 30 à 90 dias, ou seja, um tempo médio de 45 dias.

O problema da espera, é que esta pode ultrapassar a data de validade das cartas de isenção, o que implicaria em sua renovação e um novo tempo de espera, uma vez que a SAÍDA do veíoculo, ou seja a emissão da Nota Fiscal deve ser feito dentro do prazo de validade da carta e não o compromisso de compra que você faz junto a concessionária quando assina a compra.